O que a semana da independência tem a ver com o meu contrato de locação?



Quantas vezes você desejou ter mais habilidade e confiança para alterar cláusulas no seu Contrato de Locação? Ou quantas vezes você achou que precisaria colocar uma cláusula para cercar uma determinada situação, mas não sabia como fazer isso?


É bem possível que, em alguma fase de pré-contratação, algum locatário tenha feito várias objeções ou pedidos de alteração do contrato e você sentiu que te faltou um pouco mais de conhecimento técnico e argumento para defender a necessidade de permanência daquela cláusula no contrato de locação.


Saiba que isso pode mudar. É possível que, mesmo sem formação jurídica, você tenha noções básicas sobre contratos de administração e locação, para ter mais AUTONOMIA no manejo dos seus contratos, sobretudo numa nova era que se descortina e que exige um MODELO CONTRATUAL DINÂMICO e adaptável, capaz de atravessar cenários de desestabilização sem maiores impactos.


ISSO SE CHAMA AUTONOMIA!


Oportuno demais, se você pensar que estamos na SEMANA DA INDEPENDÊNCIA!


Exatamente pensando em te dar essa autonomia para manejar seus próprios contratos, eu estou disponibilizando até o dia 15/09/2020 um CURSO INTENSIVO SOBRE CONTRATOS DE LOCAÇÃO NO PÓS-PANDEMIA.


São 04 módulos incríveis, com mais de 6 horas-aula de muito ensinamento sobre contratos, para te capacitar de forma 100% ON-LINE e 100% GRATUITA.

IMPERDÍVEL!


Quer participar? Inscreva-se em www.treinamentos.store


Meu nome é Raquel Queiroz Braga e esta é a coluna Verso e Reverso nas Relações Locatícias. Qual é a sua dúvida sobre locação?


A autora desse artigo é advogada inscrita na OAB/ES desde 31/05/2000. Pós-Graduada em Direito Civil e Processual Civil pela Universidade Gama Filho/RJ. Pós-Graduação em Advocacia do Direito Negocial e Imobiliário. Militante na área de Direito Imobiliário desde 2012. Presta serviços de Consultoria e Contencioso Civil para Imobiliárias com foco em Locações Urbanas, e Condomínios Edilícios.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Os condomínios são um microssistema dentro de uma sociedade assoberbada, onde o síndico acumula a sua função administrativa com as suas obrigações cotidianas, e nem sempre está suficientemente prepara